Stellabella

 

Já não é novidade! Essa seção do nosso site, tem o objetivo de aproveitar a grande diversidade de estilos presente nas lojas de músicas virtuais para destacarmos boas opções de entretenimento. Daremos dicas e faremos pequenas resenhas de álbuns, artistas, filmes e videoclipes. Animem-se! Não devemos deixar nossos aparelhos reservados apenas para o uso profissional. Diversão é fundamental!

O “Peneirando Sons” desse mês é altamente Rock’n Roll. Mas como não podemos deixar de lado a melodia e os sentimentos, a banda escolhida nesse mês foi o Stellabella, banda que possui definitivamente o rock na veia (ou in der vene!), mas também uma levada Pop, passando por vezes pela MPB e rock nacional dos anos 80. A banda tem fortíssima presença de palco e vem ganhando muitos admiradores no cenário musical brasileiro. É mais um daqueles casos de artistas que descobriram a importância da internet e da interação com os fãs como meio fundamental para divulgar sua música. Conheça um pouco mais da banda agora.

 

UMA BREVE HISTÓRIA

O Stellabella foi formado em 2000, na zona oeste do Rio de Janeiro e hoje mantém sua formação com o guitarrista e vocalista André Stella, o baixista André “China” Mafra, além da bela contribuição de Fábio Brasil, baterista dos Detonautas.

Em 2007, com a gravação do álbum independente, de nome “Alguém”, o Stellabella começou a despertar a atenção da cena musical. Foi exatamente assim, que Tico Santa Cruz, vocalista dos Detonautas, resolveu levar o cd da banda para a gravadora “Coqueiro Verde Records”. O resultado foi a regravação do cd e o relançamento do Álbum em 2008 com Tico Santa Cruz cantando com André Stella em uma das faixas.

Em 2010, o Stellabella reapareceu participando do Projeto Levi’s Music e sagrou-se banda campeã, através de uma votação pela Internet. O prêmio na ocasião foi a gravação de um videclip com  música “Reprise”, que chegou a ser estampado na  página inicial do Youtube.

Stellabella no Prêmio Levi's Music

Stellabella no Prêmio Levi’s Music

Em 2012 a banda lançou seu segundo álbum, “Invencível”. Era um álbum bem diferente, aparentemente mais tranquilo e maduro, que mostrava uma banda com uma diversidade musical bem ampla, claramente mais pop, mas ainda assim muito incisiva em suas guitarras e ritmos contagiantes. Era o Stellabella se apresentando mais versátil que nunca.

Agora em 2014, a banda retorna à cena com o lançamento de “Rock in der vene!”, um EP, com uma sonoridade crua e direta, mostrando um rock caseiro e empolgante, pronto para mostrar as suas origens, especialmente a forte influência grunge.

Stellagif

Umas das primeiras coisas que você pensa quando escuta o Stellabella é que existe uma semelhança do som dos caras com o do Nirvana. E de fato, a influência, é inegável. Mas o Stellabella é muito mais que uma banda que lembra o Nirvana. É uma daquelas bandas que você descobre e quer falar dela para o seu amigo, mesmo sabendo que gosto não se discute. Uma banda de personalidade, mas que se orgulha de suas influências, apresentando uma evolução cada vez mais nítida.

Lembro-me que em 2010, assisti a um pocket show do Stellabella na Fnac do Barra Shopping e, mesmo já sendo fã da banda, fiquei impressionado com a desenvoltura e personalidade mostrados. Apesar disso a banda mantinha-se humilde e acessível. Em determinado momento em um intervalo entre as músicas André virou-se para a platéia, que obviamente não era um público característico de rock e disse: “Desculpem o barulho… mas é que rock é alto mesmo!”. Foi mais ou menos essa a frase.

 

A DISCOGRAFIA

Stellabella” (2008) – lançado de forma independente no ano anterior, com o título “Alguém”, esse álbum certamente já deveria vir com um rótulo estampando a palavra “Clássico”, pois mesmo o Rock no Brasil não tendo o merecido reconhecimento, é certamente um dos melhores álbuns de estréia que já escutei. Com letras melancólicas mas esperançosas.

Invencível” (2012) – álbum com canções pop rock de letras que remetem ao cotidiano, mas ao mesmo tempo nos deixam bem à vontade à medida que nos entretemos nas melodias quase hipnotizantes. Destaque para “Reprise”, a intrigantte “Invencível” e a otimista “Olhar Improvável”, linda canção que te pega facilmente e que, quando você menos esperar, estará cantarolando pelos cantos.

Rock in der vene!” – o mais novo álbum da banda, sonoridade crua e direta com destaque para a regravação de “Vambora” de Adriana Calcanhoto e “Bunker”, música que certamente dá muito o que pensar.

 

Stellabella 2

 

ENTREVISTA

O Stellabella nos concedeu uma entrevista. Ficamos honrados! Abaixo transcrevemos esse bate-papo para vocês:

88MPH – Inevitavelmente temos que começar perguntando sobre uma curiosidade. Qual a origem do nome da banda?

André Stella (Voz e Guitarra) – O nome foi ideia minha. Não queria um nome que significasse necessariamente algo, que tivesse um significado específico. Queria um nome que soasse bem e que pudesse ser universal. A partir daí cheguei ao nome Stellabella. Então escrevi no papel pra ver como ficava. Além de ter soado bem, agradou aos olhos também.

88MPH – Quais as principais influências musicais dos membros da banda?

André “China” Mafra (Baixo) – Nosso novo EP, “Rock in der Vene!”, é sem dúvida o trabalho mais pesado da banda. E dessa vez contamos com as baquetas e a produção de Fábio Brasil, que contribuiu para chegarmos a essa sonoridade. As bandas dos anos 80 e dos anos 90 de uma forma geral, o grunge, o indie rock, o punk rock e o pop rock estão presentes nas nossas músicas, são referências para nós.

88MPH – Que dispositivos vocês usam normalmente para escutar músicas?

André Stella – Do toca-discos ao celular, do vinil ao MP3.

88MPH – Como vocês vêem a venda de musicas pelas lojas virtuais, como ITunes e Google Play?

André “China” Mafra – É impossível desassociar hoje em dia a Internet, suas lojas virtuais e plataformas digitais de música do cenário musical atual. Elas se tornaram as maiores ferramentas de comunicação e divulgação de todo artista, de qualquer estilo inclusive.

 

STELLEBELLA NAS REDES SOCIAIS

YouTube  Twitter Facebook

 

PÁGINA OFICIAL

http://stellabella.bandpage.com

 

STELLABELLA NAS LOJAS VIRTUAIS

 

Rock in der vene! (2014)

iTunes (US$3.99)  –  Google Play (R$4,75)

Stellabella

Stellabella (2008)

iTunes (US$9.99 )  –  Google Play (R$9,60)

 

MAIS STELLABELLA

Você também pode encontrar e curtir o som do Stellabella no Spotify e no Deezer.

 

ESCOLHA DE VIDEOCLIPS 

A edição de nosso site escolheu dois videoclips marcantes na história da banda. O Primeiro é “Vambora“, regravação da música de Adriana Calcanhoto e que está presente em seu último trabalho, “Rock in der vene!”. O segundo é “Olhar improvável” do álbum “Invencível”. Curtam sem moderação!

 

 

 

E não perca os outros episódios dessa série.

Sobre o autor

Administrador e Editor – Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia

  • Ana1722Teresopolis .

    Curto muito o Stellabella, também fui ao pocket show do Barrashopping em 2010. Eles são muito gente boa, depois do show conversaram com a gente, enfim valeu a pena descer a serra para conferir.

  • Sarah

    Nossa, amei a matéria. Eles são muito bons e o que mais me impressiona é a humildade deles digamos assim … mesmo fazendo música e música boa .. eles são gente como a gente, eles são super gente boa. Pretendo um dia conhece-los.

    • Oi Sarah, nós, membros da redação do site, concordamos plenamente com você. Eles se mostraram muito acessíveis durante todo o preparo desta matéria. Já éramos fãs do trabalho da banda e agora admiramos também a atitude dos integrantes.

    • Isso aí Sarah! E com eles dizem: “É o Rock!”