Ultrasom

 

Você já ouviu da Elliptic Labs? É uma empresa que desenvolveu uma tecnologia de operação de gadgets e computadores por gestos à distância controlados por ultrassom. O trabalho já vem sendo desenvolvido por um bom tempo, mas nenhum prazo para comercialização havia sido dado até então. Mas agora a empresa finalmente anunciou que sua tecnologia de entrada, desenvolvida em parceria com a Murata, vai chegar aos smartphones no primeiro semestre de 2015.

Como funciona

Sinais de ultrassom enviados através do ar a partir de alto-falantes integrados em smartphones e tablets entram em contato com a sua mão e são registrados pelos microfones também integrados no dispositivo. Desta forma, a tecnologia da Elliptic Labs reconhece seus gestos com as mãos e os usa para mover objetos na tela.

 

Gesto monitorado por ultrassom

Gesto monitorado por ultrassom

 

 

Quais as aplicações? 

Além dos gestos para troca de imagens, controle em jogos e navegação, existe também um recurso chamado de “interação de multi-camadas”, que usa a proximidade de sua mão para alternar diferentes ações, nas diferentes camadas dos aplicativos. Isso seria potencialmente útil para interagir com diferentes tipos de mensagens na tela de bloqueio.

A empresa afirma que o controle por ultrassom é a solução mais conveniente para o uso diário, já que tem uma área de detecção de 180 graus em torno da tela do dispositivo. Outros métodos de controle sem contato necessitam que você posicione sua mão à frente da câmera ou em um ponto específico da área de detecção de um sensor, que pode ser facilmente perdido se você não estiver movendo sua mão com cuidado.

A CEO da Elliptic Labs, Laila Danielsen, acrescentou que será possível integrar esta tecnologia em painéis de carro, dispositivos vestíveis e equipamentos de saúde. Mas, por enquanto, sua equipe está se concentrando apenas em smartphones, tablets e laptops. Quanto às possibilidades adicionais nas implementações de uso por parte dos fabricantes, Danielsen disse que vamos ter que esperar para ver. Um SDK já está disponível para desenvolvedores interessados em usar a tecnologia.

Temos que realmente esperar para conhecer as reais possibilidades e utilidades dessa tecnologia de gestos por ultrassom, para saber se ficaremos tão empolgados quanto à CEO da empresa.

 

 

 

(Via Engadget)

 

Sobre o autor

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia