Captura de Tela 2014-11-01 às 17.31.54

 

Drones podem ser usados para muitas coisas, conforme temos mostrado aqui (1, 2, 3). Imagine que um engenheiro holandês, da cidade de Delft, criou um desfibrilador voador para situações de emergência. Sim, um drone! Ele o chama de “Ambulance Drone”, ou para nós, “Drone Ambulância”. A ideia é que ele permaneça estacionado em vários pontos da cidade à espera de uma situação de necessidade. Em caso de emergência, as pessoas na localidade poderiam chamá-lo e ele chegaria alguns segundos depois. O Drone Ambulância é na verdade uma dispositivo que contém um desfibrilador embutido e poderia ser usado por qualquer pessoa, permitindo que os médicos monitorem a situação à distância, após os choques serem administrados. Como?

O drone inclui uma webcam e um alto-falante e permite que os médicos remotamente ajudem as pessoas no local através do processo de fixação dos eletrodos e preparação do desfibrilador. O criador do dispositivo, Alec Momont da Faculdade de Design Industrial de TU Delft, disse que 20% das pessoas pode operar um desfibrilador sem instruções e o número aumenta quando eles têm orientação rápida de pessoal treinado.

’Aproximadamente 800 mil pessoas sofrem uma parada cardíaca na União Européia a cada ano, e apenas 8% sobrevivem. A principal razão para isso é o tempo de resposta relativamente longa dos serviços de emergência (aprox. 10 minutos), enquanto que a morte cerebral e fatal ocorrem dentro de 4-6 minutos. O Drone Ambulância pode levar um desfibrilador para um paciente dentro de uma área de 12 km em apenas um minuto. Esta velocidade de resposta aumenta a chance de sobrevivência após uma parada cardíaca de 8% para 80% “.

 

Captura de Tela 2014-11-01 às 17.30.11

 

O sistema ainda é um protótipo, mas há uma boa chance de que se torne realidade em até cinco anos, ao custo de cerca de US$ 20.000 cada. Drones ainda não estão autorizados a voar de forma autônoma e por isso eles ainda não podem ser testados amplamente em torno do centro de Delft com a sua carga útil … ainda.

Mas vai ser realmente muito interessante ver essas unidades de primeiros socorros atuarem quando necessário. Digamos que é um projeto bem mais importante para a humanidade que aquele em desenvolvimento pelo Google. Enquanto o Drone Ambulância não chega, nos contentamos com o vídeo de apresentação abaixo.

 

 

(Via TechCrunch)

Sobre o autor

Administrador e Editor – Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia