Os planos do bilionário Elon Musk para internet via satélite são ainda mais ambiciosos do que se imaginava inicialmente. Em um evento do SpaceX, em Seattle, na última sexta-feira, o CEO da Tesla disse ao Bloomberg Businessweek que seu empreendimento para internet no espaço, que ainda não possui um nome oficial, poderia um dia ser estendido para Marte e que poderia custar US$ 10 bilhões para sair do papel.

internet em Marte

A notícia chega em uma uma semana agitada para Musk, que anunciou que construirá uma pista de testes 8 Km para o Hyperloop, um sistema de trens que usa pods de alumínio que trafegam por tubos de aço elevados e podem viajar a 1200 Km/h (os trens mais rápidos viajam a “apenas” 240 km/h e mesmo os trens maglev não passam de 500 km/h).

Elon Musk

De acordo com Musk, o projeto de internet no espaço via satélite tornaria mais rápido o plano de ter uma conexão mais barata a nível mundial e sem o impedimento de cabos terrestres.

A velocidade da luz é 40% mais rápido no vácuo do espaço do que é em fibra“, diz ele, explicando que a internet fornecida pelos satélites em órbita baixa pode servir muitas pessoas em áreas pouco povoadas. No entanto, o sonho não termina aí; com os olhos já em uma futura colônia marciana, o fundador do SpaceX quer que a conectividade chegue ao planeta vermelho quando a humanidade finalmente pousar lá. Incrível!

Vai ser importante para Marte ter uma rede global de comunicações. Eu acho que isso precisa ser feito e eu não vejo mais ninguém fazendo isso.

internet no espaço

Musk espera que o projeto envolva ao menos US$ 10 bilhões e pelo menos cinco anos para sair do papel. Nesse meio tempo, os recursos da SpaceX serão dedicados ao desenvolvimento de satélites, além dos foguetes e outros tipos de veículos que já se encontram na fase de testes.

 

Via The Verge

Sobre o autor

Administrador e Editor – Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia