No último domingo, durante o MWC 2015, em Barcelona, a SanDisk anunciou o lançamento de dois cartões de memória: um deles, um microSD de 200 GB desenvolvido visando o mercado de smartphones e é considerado o maior já lançado até o momento. Agora olhe o nome: SanDisk 200GB Ultra microSDXC UHS-I Premium Edition. Dava pra ser maior? Provavelmente não! Então vamos chamá-lo apenas de SanDisk 200GB. Mas o importante mesmo é que não havia notícias de um modelo com capacidade maior que 128 GB. O segundo modelo é um microSD com foco no uso em câmeras de monitoramento.

SanDiskO SanDisk 200GB possui uma taxa de transferência de 90 MB/s, que segundo a empresa, torna possível transferir até 1200 fotos por minuto. Mas obviamente a velocidade vai depender da performance do dispositivo em que ele estiver sendo usado.

Agora uma grande curiosidade: a empresa diz que o cartão SanDisk 200 GB foi projetado especialmente para celulares e tablets Android, mas desconhecemos um dispositivo à venda no mercado que possua suporte para esta capacidade de armazenamento. Quando o One M9, foi anunciado no domingo, a HTC afirmou que ele possui suporte para cartões de até 128 GB e a Samsung, com o Galaxy S6, ao que parece, deixou de lado essa tecnologia. Alguma informação adicional deve ser dada nos próximos dias.

O Sandisk 200GB Ultra microSDXC chegará ao grande público entre abril e junho deste ano, com o salgado preço de US$ 399,99 (aproximadamente R$ 1.130,00) pela cotação atual do dólar. O valor é equivalente ao preço de muitos smartphones considerados intermediários, o que certamente deve fazer com muitos desistam do produto. Mas lembre-se que esse é o preço de lançamento e deve cair em pouco tempo.

Quanto ao segundo modelo, com foco em câmeras de segurança, a SanDisk diz que ele será vendido por U$ 84,99 (aproximadamente R$ 245 em conversão direta) na versão de 32 GB e U$ 149,99 (cerca de R$ 432) na 64 GB.

Como sempre, ninguém falou nada sobre a chegada do produto no Brasil e muito menos sobre preços oficiais em terras tupiniquins.

Via Digital Trends

Sobre o autor

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia

  • Savio Costa

    Parece muito , mais em pouco tempo 200GB não significará nada. Os arquivos estão cada vez mais pesados.

  • Felix Alvarez

    O problema é que pouquíssimos aparelhos suportam um cartão de 200GB. A maioria só é compatível com até 64GB.