Existem doenças que destroem a auto-estima de uma pessoa e o AVC certamente está entre estas. Muitos são os casos em que a falta de empenho no programa de recuperação prejudica completamente os resultados. Mas alguns pesquisadores estão conseguindo combater esse problema de uma forma inovadora e altamente tecnológica. Ao menos para pacientes com AVC, que perderam o controle total nos movimentos de suas mãos e braços. Uma equipe médica de pesquisadores da Universidade de Hertfordshire, desenvolveu um programa de uso de uma luva robótica chamado SCRIPT, que significa Supervised Care and Rehabilitation Involving Personal Tele-robotics ou Cuidados Supervisionados e Reabilitação Envolvendo Tele-robótica Pessoal.

A luva robótica foi desenvolvida para que equipasse a mão e o antebraço do paciente e ficasse então emparelhada com um jogo terapêutico, exatamente como um vídeo game. Este jogo pede aos usuários para moverem todos os dedos, punho e braço e navegarem por um labirinto com alguns objetivos, como a captura de peixes, por exemplo, como parte de sua terapia realizada em casa.

Luva Robótica SCRIPT

[Crédito da imagem: University of Hertfordshire]

Conforme o pesquisador-chefe Dr. Farshid Amirabdollahian disse:

Este projeto é focado em terapias para pacientes com AVC que estão em casa. Nosso objetivo era usar as terapias disponíveis para motivar as pessoas a praticar em casa usando este sistema, na esperança de que elas tivessem um grande interesse em práticá-las e usá-las. Testamos este sistema com 30 pacientes e descobrinos que eles realmente praticaram em casa, em média, cerca de 100 minutos por semana e algumas mostraram melhorias clínicas nas funções da mão e do braço.

Os pesquisadores afirmam que desenvolveram o SCRIPT nos últimos três anos, liberando dois protótipos e gastando US$ 5 milhões no projeto neste período. Agora que a versão mais recente da luva robótica deixou a fase de testes, a equipe está à procura de uma maneira de produzí-la em escala industrial, para que muitas outras pessoas possam tirar proveito dessa terapia em forma de game.

 

Via Engadget

Sobre o autor

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia