O novo MacBook de 12 polegadas, lançado pela Apple no evento de segunda-feira, se parece indiscutivelmente mais com um iPad Air que com um MacBook Air. Ele é realmente belíssimo, mas ao mesmo tempo que muitos amaram, outros odiaram. Isso porque para conseguir uma espessura tão pequena e uma tela tão fina, a empresa teve que abrir mão de algumas boas especificações. Por isso mesmo, ela preferiu omitir algumas características desagradáveis durante a apresentação. Mas também esqueceu de mencionar coisas boas.

Veja abaixo 5 detalhes do novo Macobook que podem ser importantes para sua decisão de comprá-lo e que não podem passar despercebidas. Novo Macbook

1. A câmera Face Time é bem mais fraca

É amigos…. Qual um dos maiores prejuízos em se ter uma tampa de notebook tão fina? A câmera. A Apple acabou usando uma câmera com resolução de 480p, que é a mesma câmera encontrada do iPhone 4. É pouco. Mas pensando bem, nem todo mundo precisa de uma grande resolução nessa câmera. Se precisar, melhor ir para outro modelo. Os outros Macs usam câmeras de 720p.Novo Macbook

2. Alto-falantes estéreo melhores 

Essa é uma boa notícia, uma vantagem. Os alto-falantes agora são frontais, logo acima do teclado, o que lhe confere uma melhor sensação no efeito sonoro. Muitos hands-on apontaram para uma melhora nesse aspecto, em relação ao MacBook Air.

Detalhes do novo Macbook

3. Sai MagSafe entra USB-C

Todos os donos de MacBook amam a Magsafe. É uma conexão prática  e muito segura. Tanto a MagSafe quanto MagSafe 2, pois você sabe que se alguém der um solavanco no cabo, ele será desconectado sem levar o notebook ao chão ou danificar a conexão. Mas a Apple optou por um novo padrão: o USB-C, que não duvidamos, poderá ser o padrão usado nos notebooks em um futuro muito próximo. Mas que a Magsafe deixará saudades, isso nós não temos a menor dúvida. 

Detalhes do Novo Macbook

4.  Você provavelmente precisará de um adaptador 

Talvez não apenas um. Mas a questão é que o novo MacBook foi idealizado para ser portátil e trabalhar sem fios. Mas é claro que alguns problemas viriam junto com isso. Com o padrão USB-C, você pode, na mesma porta que alimenta o equipamento com energia, conectar HDs externos, pendrives e até mesmo cabos HDMI para transmissão de vídeos para a TV. Mas será necessário um adaptador e um desses é caro. A Apple já o disponibilizou no Brasil pela “bagatela” de R$ 429. Algo muito caro, apenas para um adaptador, mesmo levando em consideração que o dólar está com uma cotação muito alta. 

5. O logo iluminado da Apple se apagou

Uma das características mais marcantes dos MacBooks – talvez pelo simbolismo, não por funcionalidade – era a maçã iluminada na tampa. Mas isso também foi retirado por causa da espessura da nova tampa. Definitivamente, o novo MacBook agora lembra muito mais um iPad e essa é a sensação que você terá ao olhar para o logo da Maçã.

Se esses detalhes farão você desistir ou querer ainda mais o novo MacBook, só você poderá dizer, pois dependerá de seu gosto e sua aplicação para o equipamento.

Para lhe ajudar ainda mais a conhecer o novo xodó da Apple, como bônus, trazemos o vídeo abaixo, que é um hands-on do novo Macbook feito pelo CNET.

 

Via Marshable

Sobre o autor

Administrador e Editor – Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia

  • Juan Barreto De Carvalho

    É, interessante.
    Tudo bem que o objetivo é ser completamente sem fio. Mas é hard onde tudo é mais caro.
    Agora outro detalhe, particular, aí vc vai deletar um caractere e do nada desliga o MacBook. Aquele botão de power perto do delete não me agradou hein.. E sem magsafe? sad news

  • Carlos

    A Apple e seus lançamentos de tendências. Cara como notebook, pode parecer fraco mesmo, mas se pensar na portabilidade e no conforto, deve valer à pena. Claro que não falo de comprar no Brasil. E pra quem diz que ele não porta USB, tem sim , só que é C. É a tendência. Sem chororô.