Quem já não se viu desorientado ao entrar em uma loja repleta de roupas com estilos e cores diferentes? Encontrar a roupa ideal pode ser uma experiência difícil e que talvez dure um bom tempo, principalmente se estivermos falando de uma loja de moda feminina. A startup baseada em Nova York, OAK Labs, em parceria com a famosa marca Polo Ralph Lauren desenvolveram uma cabine tecnológica para experimentação de roupas, uma forma criativa e ao mesmo tempo sofisticada para resolver este problema.

Com todas as inovações necessárias, a nova cabine Hi-Tech faz com que o processo de escolha possa ser simples e muito mais agradável para o consumidor, além de fornecer ao varejista, informações que podem auxiliá-lo a tornar sua loja mais interessante e com produtos que atendam ao desejo da maioria de seus clientes.

A idéia não chega a ser nova e tecnologias, como a de uma tela espelhada, já foram apresentadas há algum tempo. Mas pela primeira vez é algo que parece fazer sentido para ser usado em uma loja real de um shopping center. Ao entrar no pravador o cliente pode selecionar pela tela do espelho, a iluminação que deseja na cabine.

Cabine Tecnológica

Uma antena RFID reconhece os vestidos que o cliente trouxe para experimentar e os exibe lado a lado na tela de toque. A interação com o espelho permite escolher diferentes tamanhos e cores, até mesmo receber recomendações sobre estilos diferentes a serem usados.

Outra vantagem desta cabine tecnológica é que você não precisa mais sair da cabine e ir atrás do vendedor para pedir uma outra peça de roupa que deseja experimentar. Basta selecionar pela tela do espelho, a roupa pretendida e o vendedor receberá em seu tablet o seu pedido. Assim você receberá rapidamente na cabine os novos itens escolhidos, todos eles na cor e no tamanho desejado.

Cabine Tecnológica Tablet

A idéias de uma cabine tecnológica é permitir que os clientes encontrem com mais facilidade aquilo que procuram e possam sair mais satisfeitos com a experiência de compra. Os dados coletados também podem ser de grande ajuda para os lojistas. Informações, como quais são as cores mais solicitadas ou quais as peças de roupa que mais chamam a atenção, podem ajudar a loja a adequarem seu estoque à preferência dos clientes.

Em 2001, a marca de luxo Prada também tentou lançar uma cabine futurística em sua loja no bairro de SoHo em Nova York. Embora também usasse tecnologias como tela de toque no espelho e scanner de RFID, o experimento foi considerado um fracasso, muito em função da interface complexa e longe de ser considerada de fácil uso pelos clientes. É exatamente neste ponto que a tecnologia desenvolvida pela OAK e a Polo Ralph Lauren se destaca, apesar de sofisticada, a cabine desenvolvida por essas duas empresas, apresenta uma interface amigável ao cliente.

logo-techfashion-200Via The Verge

Sobre o autor

Editor - Graduado em Marketing e hard user de tecnologia

  • Jessica

    Sensacional, Queria que todas as lojas tivessem um provador assim.