O Google em parceria com a Disney e a Lucasfilm lançou uma ferramenta em homenagem ao lançamento do filme Star Wars: O Despertar da Força. Os usuários poderão agora escolher se querem se aliar ao lado negro da força ou ao lado dos guerreiros Jedi. Depois de escolher o lado, o Google atualizará o tema de todos os seus aplicativos de acordo com a sua escolha.

Aplicativos como Gmail e YouTube passam a ser personalizados com temas do lado da força que você escolheu, como por exemplo o controle deslizante de volume, que assume a forma de um sabre de luz que pode ser vermelho ou azul, dependendo de qual lado da força você decidiu se aliar. Outro exemplo de personalização é o seu marcador de posição no Google Maps, que passa assumir a forma de um Caça estelar TIE ou de um X-Wing. Você poderá observar as mudanças em outros aplicativos como o Chrome, Chromecast, Waze, Google Tradutor e muito mais.

Se você é fã dos filmes Star Wars, já deve estar ansioso para escolher o seu lado da força. Basta acessar este link e fazer a sua escolha. Na página especial do Google também é possível ver como está o equilíbrio da força. Este marcador mede qual dos dois lados tem recebido mais adeptos e pelo o que observamos, até o fechamento da matéria, parece que a segurança do universo está realmente sob ameaça já que a maioria das pessoas estão escolhendo se aliar ao lado negro da força.

Star Wars e Google

 

Atualização para Temas Star Wars

Após ter feito sua escolha, pode ser que a conversão para os novos temas dos aplicativos demore um pouco, conforme explica o Google: ”Uma vez que você escolha um lado, pode demorar algumas horas para que a Força desperte dentro de todos os seus aplicativos”. Segundo o Google, os temas personalizados não aparecerão em contas de trabalho, então não se preocupe, ninguém no escritório saberá que você é um fã incondicional de star Wars.

Caso você se canse de ver seus aplicativos Google com temas relacionados a Star Wars, poderá acessar novamente o google.com/starwars para fazer com que seus aplicativos voltem ao normal. As alterações também desaparecerão automaticamente no dia 1º de fevereiro de 2016.

Via Blog Oficial do Google

Sobre o autor

Derek é formado em engenharia eletrônica e já trabalhou em diversos campos da tecnologia. Apaixonado pelo mundo High-Tech, escreve artigos para o 88MPH.