O famoso carro DeLorean, que ficou mundialmente conhecido graças ao filme “De Volta para o Futuro”, poderá em breve voltar a ser produzido. O retorno da marca, que virou um ícone no universo geek, será possível graças a uma nova lei que isenta, os pequenos fabricantes de automóveis, dos requisitos de segurança que são aplicados aos fabricantes de grande porte.

Delorean

A lei só se aplica a “réplicas” de veículos, ou seja, carros que se assemelham ao corpo de outro veículo produzido pelo menos 25 anos atrás, como o Shelby Cobra ou o venerável DeLorean.

A DeLorean Motor Company, que adquiriu o que restou da fabricante original, há 30 anos, atualmente se concentra em reparar e restaurar todos os veículos DeLorean que estão flutuando ao redor do mundo. Mas agora, com esta legislação, a empresa pode usar seus milhões de peças de fábrica (e alguns que foram recriados a partir dos planos originais) para construir novos DeLoreans modelo 2017, equipando o veículo com motores fornecidos por terceiros.

Carro DeLorean

Comprar o motor de terceiros é fundamental por dois motivos. Por um lado, ele permite que os carros possam atender aos requisitos de emissões (o projeto de produção de baixo volume apenas isenta-os de coisas como os requisitos de segurança, e não ambiental), e também oferece muito mais potência do que o DeLorean original. A empresa diz que está examinando uma série de opções de motor, todos entre 300 e 400 cavalos de potência. Isso é um grande passo em relação aos 130 cavalos de potência do modelo original. O novo modelo poderá ter rodas de 17 polegadas ou 18 polegadas, já que não é possível obter pneus de alta performance para o tamanho das rodas originais que que ficavam entre 14 e 15 polegadas.

 DeLorean – Início de Produção

Ainda há muito a ser feito antes que os carros novos chegue a o mercado, mas espera-se que os primeiros novos DeLorean comecem a ser fabricados no primeiro trimestre de 2017. A estimativa é que o preço fique entre US$ 80.000 e US$ 100.000.

Via The Verge

Sobre o autor

Editor - Graduado em Marketing e hard user de tecnologia

  • ótimo artigo, agora o valor é um pouco salgado, rsss