Mark Zuckerberg, CEO do Facebookquer ser presidente dos Estados Unidos. Mas antes quer fazer aquilo que o Facebook nunca conseguiu: ser o local onde as pessoas gastam o seu tempo assistindo vídeos. Por isso, o Facebook lançou nesta quinta-feira, 10-08-2017, um novo serviço de vídeo que visa futuramente bater de frente com o Netflix e YouTube. O serviço foi batizado de “Watch” e estará inicialmente disponível dentro do seu aplicativo. Ele aparecerá em uma nova guia, exclusiva do serviço.

Watch: quem assistirá?

A empresa de Menlo Park tem buscado de forma contínua reinventar sua imensa popularidade, para agradar aos mais jovens e se adequar às mudanças de hábito na grande rede. Daí, após a compra do WhatsApp, “baseada em sua reputação”, a empresa vê a grande febre e o crescimento contínuo do streaming (1, 2) , como uma oportunidade para investir pesado no segmento.

A ideia da empresa de Zuckerberg é trazer para o Watch uma programação ricamente variada, que já começará com a WNBA (Liga de Basquete Feminina dos Estados Unidos) e alguns shows. Segundo a empresa, muitas séries e documentários, também estarão entre os programas, já de imediato. Além disso, muitos outros conteúdos serão inseridos posteriormente, pois depende da finalização de acordos com os parceiros. Mas podemos esperar ver produções e conteúdos da National Geographic, NBA, BuzzFeed, Time, NASA e muitos outros.

O Facebook também declarou que pretende investir em conteúdo próprio e exclusivo. Daniel Banker, diretor de produto do Facebook afirmou: “Aprendemos que as pessoas gostam de descobrir vídeos em suas páginas, mas elas querem também um lugar dedicado onde possam assistir a eles“.

É de se esperar que o Feed do usuário seja alterado com a inserção de sugestões para programação, baseado em seu interesse. Segundo Zuckerberg, o Watch permitirá ao usuário comentar sobre conteúdo. Além disso, ele poderá “se conectar e conversar com outras pessoas durante um episódio… criando comunidades“.

Watch: o novo serviço de streaming do facebook

Será que o serviço decolará? Você vê com bons olhos a investida de Zuckerberg no mercado de streaming, mesmo com anos de atraso? Se o Facebook se consolidará na área, ainda não sabemos.  Mas não restam dúvidas de que o tradicional serviço de TV por assinatura terá que fazer muito mais que tramar contra o Netflix, com mais essa opção.

Disponibilidade

O Watch está sendo lançado inicialmente apenas para um grupo limitado de pessoas nos Estados Unidos, em versões desktop e mobile. O modelo de negócios ainda não foi esclarecido, o que deverá ficar claro dentro de alguns meses. Somente após todos as adequações e fechamento de mais acordos, o Facebook lançará o serviço mundialmente.

Via CNN

Sobre o autor

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia