A Intel anunciou hoje os mais recentes processadores Core de oitava geração e prometeu que os novos chips oferecerão um aumento de velocidade de até 40% em relação aos últimos chips Kaby Lake de sétima geração.

Os processadores Core de oitava geração farão as coisas um pouco diferente do que as gerações anteriores. No passado, a Intel já usou etapas geracionais para a introdução de novas arquiteturas de chips (digamos, o salto de 22nm para 14nm entre Haswell e Broadwell) ou para oferecer uma versão melhorada da arquitetura em relação a geração anterior (como Skylake, que foi uma versão atualizada de 14nm). Desta vez os novos chips de oitava geração estarão fazendo uma mistura de ambos.

Processador Core geração 8

Por enquanto, a Intel está concentrando suas novidades em uma fatia bastante estreita de sua linha de oitava geração: dois novos chips Core i7 e dois novos chips i5, ambos na série U de processadores para laptop. Mas, embora a arquitetura interna possa assemelhar-se à linha de Kaby Lake existente na geração 7, há algumas melhorias de velocidade significativas que podem chegar a um incremento no desempenho de até 40%. A Intel diz que a melhoria deve-se em grande parte aos novos chips que obtêm dois núcleos extras. Além disso, a empresa diz que fez melhorias no processo do projeto e fabricação para melhorar ainda mais a velocidade.

Processadores Core de 8ª geração lidam melhor com 4K

Os novos processadores Core também são projetados para lidar com coisas como vídeo 4K, VR, 3D e outras inovações recentes em um nível de plataforma. Os gráficos integrados HD 620 incorporados na última geração de processadores da série U também estão sendo renovados para refletir essa mudança de foco como gráficos UHD 620. O novo nome é amplamente cosmético, porém, dado que a GPU integrada permanece inalterada do modelo anterior. As melhorias no desempenho são focadas na CPU. A Intel afirma que o ganho de desempenho em relação é ainda mais substancial quando comparamos a processadores de 5 anos atrás, chegando a ser duas vezes mais veloz.

A Intel também argumenta que o 8250U pode codificar um vídeo 4K, 14,7 vezes mais rápido do que um PC antigo. Em termos reais, o chip de oitava geração converteu um clipe 4K em três minutos, em comparação com os 45 minutos gastos por um PC de cinco anos atrás. Evidentemente que não há aqui nenhuma novidade, quanto mais velho for seu computador, o maior salto de desempenho você notará.

Apesar de ter mais poder sob o capô, a Intel diz que as novas CPUs não serão um passo para trás quando se trata de vida útil da bateria. Seus benchmarks atuais indicam que os laptops que executam esses chips devem ter cerca de 10 horas de duração da bateria ao reproduzir vídeos em 4K. Isso é praticamente o mesmo que antes.

A Intel está dizendo que os primeiros laptops com os novos chips da oitava geração estarão disponíveis a partir de setembro. Como é característica da Intel, a empresa não forneceu muitas informações sobre o que mais estar por vir, mas deixou escapar que novidades sobre chips para desktop e produtos empresariais estão prestes de serem anunciadas.

Via engadget

Sobre o autor

Derek é formado em engenharia eletrônica e já trabalhou em diversos campos da tecnologia. Apaixonado pelo mundo High-Tech, escreve artigos para o 88MPH.