Há 10 anos atrás, Sergey Brin (co-fundador do Google) fez um anúncio que impactou o mundo dos smartphones: o início do desenvolvimento do sistema operacional Android. A primeira versão do Android ainda possuía pouquíssimos recursos, mas a integração com os produtos da própria Google revelava um futuro promissor para o sistema operacional.

Incentivo para Atrair Desenvolvedores para o Android

Na época Sergey Brin anunciou também um concurso com premiação de US$ 10 milhões para incentivar a mais pessoas desenvolverem aplicativos para a recém criada primeira versão do Android. “Nós gostaríamos de recompensar esses desenvolvedores e reconhecê-los o máximo possível”, declarou Brin.

Um dos grandes desafios era mesmo fazer com que desenvolvedores acreditassem no potencial do sistema operacional do Google e desenvolvessem seus apps para nova plataforma. Essa era a única maneira do sistema poder rivalizar com o iOS que já possuía sua própria loja de aplicativos. O presidente de tecnologia do Google chegou a citar na época: “Nós construímos algumas aplicações interessantes para o Android, mas as melhores aplicações ainda não estão aqui e elas serão escritas por desenvolvedores”.

Quando o sistema operacional do Google surgiu, o iPhone já existia, porém era muito caro e somente poucos podiam comprar um aparelho que custava US$ 500, isso já considerando os subsídios oferecidos pelas operadoras. A inclusão do Android em smartphones de diversas faixas de preços ajudou a popularizar o sistema operacional do Google e conquistar mercado.

O vídeo abaixo foi lançado há 10 anos pelo Google, para apresentar sua primeira versão do Android (ainda em estágio Beta), e pasmem, ele não foi inicialmente concebido para telas touchscreen, e sim para funcionar em telefones com teclado físico. Quantas coisas mudaram de lá para cá ,não?

Sobre o autor

Derek é formado em engenharia eletrônica e já trabalhou em diversos campos da tecnologia. Apaixonado pelo mundo High-Tech, escreve artigos para o 88MPH.