Uma nova falha foi identificada no Face ID da Apple. Uma chinesa chamada Yan relatou que seu iPhone X não consegue diferenciá-la de uma colega de seu local de trabalho, sendo que a mesma não possui nenhum grau de parentesco.

O jornal South China Morning Post descreve que Yan chegou a ligar para o serviço de atendimento ao consumidor da Apple, entretanto a atendente se recusou a acreditar na história. Diante disso, Yan foi pessoalmente, junto com sua colega, a uma Apple Store para registrar sua reclamação. Os funcionários da loja inicialmente acreditaram se tratar de uma falha na câmera frontal do TrueDepth e lhe ofereceram um novo aparelho. Para a surpresa de todos na loja, de nada adiantou, e o Face ID deste segundo iPhone X também não conseguiu diferenciar as duas colegas, conforme pode ser visto neste vídeo.

Face ID do iPhone X

A tecnologia do Face ID já foi contestada outras vezes, por exemplo, já se conseguiu burlar este reconhecimento biométrico por meio de uso de máscaras. A Apple insiste em afirmar que o sistema é totalmente seguro, embora vários veículos de notícias terem já relatados falhas do Face ID em reconhecer pessoas de certas etnias, como no caso das duas chinesas citadas acima. A Apple não forneceu ainda nenhuma declaração oficial sobre o caso.

Via South China Morning Post

Sobre o autor

Editor - Graduado em Marketing e hard user de tecnologia