Suspeito de assassinato pediu ajuda para assistente virtual

Veru Funny

 

São muitos os que questionam se existe uma real utilidade para a Siri, a assistente virtual do iPhone. Especialmente em países como o Brasil, onde o recurso ainda não funciona na língua oficial e muitos a usam (em outra língua) apenas como diversão. Mas a história a seguir não é nenhuma brincadeira.

Ontem alguns veículos de comunicação divulgaram o caso, originalmente relatado na KiroTV  (do Cox Media Group Television), em que um homem da Flórida, chamado Pedro Bravo, em julgamento por um suposto assassinato de seu colega de quarto, Christian Aguilar, pediu a Siri um conselho sobre o que fazer com o corpo. A consulta à Siri faz parte de um conjunto de evidências apresentadas no tribunal. Pedro Bravo é acusado de matar o estudante da Universidade da Flórida em 2012.

O advogado de Bravo argumentou no tribunal que, embora a consulta tenha sido feita no telefone do acusado, não foi realizada na noite do crime e não pode constituir prova de que ele tenha sido o responsável. Segundo o relato, Bravo teria dito:

“Eu preciso esconder o meu companheiro de quarto.”

O curioso disso tudo é que o Huffington Post escreveu que esse tipo consulta, com uma pergunta sobre como esconder um corpo, não funciona mais. Mas se você tentar consultar algo parecido, será compreendido pela Siri, que lhe responderá provavelmente com algo sarcástico, como podem notar na foto acima.

O caso ainda traz à tona uma outra questão interessante: a Apple sabe de todas as consultas que são feitas por meio da Siri? A resposta é sim. Embora os dados sejam criptografados para envio e recebimento das consultas, a Apple pode decodificá-los. Mas isso só deve ocorrer caso haja um forte motivo ou obrigatoriedade, como no caso de uma ordem judicial. Inicialmente foi divulgado que os servidores da Apple manteriam os registros de consultas por dois anos.

O time da Siri está trabalhando na próxima geração da assistente virtual do iPhone e é possível que tenhamos algumas melhorias significativas presentes já no iOS 8. 

(Via 9to5Mac)

Post Author: Benicio Brown

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia