Com o Cicret, você transforma seu braço em uma tela touch

Quem gosta de tecnologia, gosta de gadget com funções futuristas. Já faz alguns meses que saiu a notícia do desenvolvimento do Cicret, uma espécie de pulseira, com um emissor holográfico, que se conecta a smartphones. Na prática, o que ele faz, é dar ao seu braço o poder da tela de um smartphone. Sim, quase todas as funções podem ser executadas a partir do seu braço. 

Cicret

Mas a divulgação feita agora, traz o conceito do bracelete para uso sem um smartphone, pois é a própria pulseira que contém o hardware necessário para fazer ligações e conectar-se à Internet. Com certeza, se um projeto assim se tornasse real, empolgaria a muitos.

Não parece coisa de filme de ficção? Com certeza! Mas acredite, isso talvez se torne realidade. E segundo os responsáveis pelo projeto, não deve demorar muito. Nos vídeos abaixo, você pode ver imagens de um protótipo que está sendo desenvolvido. Ele ainda parece estar em um estágio bem inicial, mas Guillaume Pommier, um dos desenvolvedores do bracelete, diz que o protótipo já é funcional. Mas não não explicou nada sobre as dificuldades que poderiam surgir por causa da diferenças da cor da pele, presença de pêlos ou a necessidade de baixa luminosidade.

Cicret

O grande problema do Cicret será o investimento, pois o custo estimado para produção é muito alto. Foi estabelecida uma meta de arrecadação de aproximarente 900 mil dólares. Esta deverá ser atingida entre investidores em um período de 6 meses. 

Se o planejamento tiver êxito, o Cicret deve chegar ao mercado até o início de 2016, com estimativa de custo entre US$ 200 e US$ 400. Mas não se surpresa se no final desse ano janeiro muitos nos EUA e Europa com esse bracelete holográfico no pulso. 

Parece difícil acreditar que isso possa se tornar realidade, ainda mais porque a diferença dos dois vídeos é enorme. Mas a tecnologia avança tão rápido que não podemos duvidar de mais nada. De qualquer maneira divirta-se com o conceito do Cicret, no primeiro vídeo e com o protótipo rodando, no segundo. Torçamos para que um dia ele se torne realidade. 

 

Via Gizmag

Post Author: Benicio Brown

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia