CES 2016 com a tecnologia vestível em foco

Tecnologia vestível. Quem diria que no mundo geek falaríamos tanto de…fashion, moda, roupas? Isso mesmo! Neste ano começamos o mês de janeiro com os grandes nomes do mundo tecnológico como Apple, Intel, Google, Samsung, Huawei e outros apontando o rumo que nos darão nos próximos anos, roupas e acessórios inteligentes no nosso cotidiano. Estamos entrando na era da tecnologia vestível.

Tecnologia Vestível além dos relógios e pulseiras

Falar em tecnologia vestível nos faz hoje pensar em Apple Watch e seus concorrentes e nas variadas smartbands do mercado. Mas na CES 2016 estamos vendo que as empresas querem ir bem além disso. Na verdade, parecem que querem abraçar tudo com seus sistemas operacionais e dispositivos.

Não é à toa que vemos parcerias de empresas tecnológicas com grandes nomes do mundo da munda. Um exemplo disso é o Google Glass, que teve como um dos grandes fatores de rejeição a aparência não fashion. Atualmente a Google colocou seu projeto Google Glass sob o apurado olhar de Ivy Ross, nada mais nada menos que o executivo de modo que trabalhou no desenvolvimento de produtos para marcas como Swatch, Coach e Calvin Klein. Também vemos a parceria da Apple com nomes como Hermes da França para a criação de pulseiras fashion-luxury para o seu Apple Watch.

O resultado disso? Começamos a ver os frutos não só nos dipositivos já mencionados mas também no surgimento de roupas “inteligentes” com aspectos cada vez menos hi-tech e cada vez mais fashion e atraente para consumidores de várias formações exatamente por não serem só funcionais mas também bonitas.

tecnologia vestível

No evento FashionWare da CES 2016 foi apresentada uma calça que limpa a tela do smartphone cada vez que é puxado de um bolso especial. Uma modelo nesse evento desfilou usando um vestido impresso em 3D. Isso mesmo!!! O interessante dessas demonstrações foi não haver nada de chamativo nas roupas que fizessem outros acahrem estranho ao verem na rua, algo que infelizmente aconteceu com o Google Glass.

tecnologia vestível

 

Neste ano a FashionWare não só demonstrou coisas de vanguarda e protótipos que nunca serão usados. Foram apresentados produtos na área fashion para uso cotidiano e com funções úteis. Um resultado do grande aumento de investimento nessa área. Para termos uma ideia disso basta comparamos o espaço da CES 2016 reservado para o FashionWare em relação à CES 2015, foi 4 vezes maior este ano com cerca de 41 empresas diferentes envolvidas, sem contar as já tradicionais em áreas como smartbands.

Enfim, roupas e acessórios relativamente comuns na aparência, mas com confecções e funcionalidades muito interessantes, estarão cada vez mais entre nós auxiliando no nosso dia-a-dia tecnológico.

logo-techfashion-200

Via CNet e TechMalak

Post Author: D Silva

Programador, Graphic e Web Designer, D Silva é um heavy user de internet e tecnologia em geral buscando sempre estar atento à vanguarda.