Twitter detecta tumultos e ações violentas com mais velocidade do que a polícia

Um novo estudo da Universidade de Cardiff, na Inglaterra, determinou que o Twitter consegue identificar situações de perigo ou atividades criminosas com muito mais velocidade do que a própria polícia.

Um bom exemplo apontado pelo estudo, foram os distúrbios que ocorreram no Reino Unido em 2011. O grupo de pesquisadores identificou que uma busca no Twitter permitiria descobrir o que estava se passando muito antes da polícia conseguir detectar algo, mas precisamente 1 hora e 23 minutos antes.

Polícia Twitter

Para chegarem a este resultado, a pesquisa analisou 1,6 milhões de tweets sobre os tumultos ocorridos em Londres em 2011. Com esses dados em mãos , os pesquisadores perceberam que o Twitter acaba por revelar, quase que imediatamente, quando algo de anormal está acontecendo.

Twitter como Ferramenta da Polícia

Um dos participantes do grupo de pesquisa, Peter Burnap, afirmou: “Neste estudo, mostramos que as mídias sociais online estão se tornando o lugar certo para informar as observações de ocorrências cotidianas – incluindo desordens e atividades criminais”.  A idéia é que a polícia pudesse desenvolver algum sistema inteligente, usando os dados coletados nas redes sociais, para detectar situações que merecessem a pronta intervenção policial.

Algumas agências policiais no mundo já se valeram das redes sociais para captar informações sobre situações perigosas e até mesmo a usaram para que as pessoas pudessem fazer algum tipo de denúncia. Um bom exemplo disso, foi a atuações da polícia americana durante o ataque terrorista na Maratona de Boston.

Via The Verge

Post Author: Oliver Brum

Editor - Graduado em Marketing e hard user de tecnologia