Entenda a tecnologia HDR nos Televisores e por que ela é tão importante

Se você já esteve em busca de uma TV nova já deve ter se deparado com siglas que definem algumas tecnologias que diferenciam os modelos de televisão. Termos como LCD, Plasma, Efeito 3D, resolução Full HD ou 4K, tudo isso são tecnologias que influenciam na sua experiência de assistir TV. Mas existe tecnologia relativamente nova que de fato tem melhorado muito as imagens exibidas, o HDR.

O HDR (High Dynamic Range) proporciona aos televisores imagens mais nítidas, onde elementos escuros ficam muito mais escuros com essa tecnologia, enquanto os objetos iluminados ficam ainda mais destacados. Diferente do 4K, que precisa de televisores maiores para que se possa perceber a melhora na qualidade da imagem, o ganho de qualidade com o High Dynamic Range pode ser notado em qualquer tamanho de tela.

HDR

A diferença entre a resolução 4K e a tecnologia HDR, é que enquanto o 4K aumenta o número pixels da imagem, o High Dynamic Range  tem a função de melhorar cada pixel que já está lá.

É importante notar que para se obter uma imagem em HDR, é preciso que a imagem tenha sido captada por câmeras especiais que tenham esta funcionalidade.

Conteúdo HDR ainda é Limitado

A disponibilidade de conteúdo em High Dynamic Range ainda é limitada, mas empresas como Apple, Netflix e Amazon prometem melhorar este cenário oferecendo filmes e séries com esta tecnologia. A Netflix já lançou inclusive a série Marco Polo em HDR.

A dica é: se você estiver a procura de uma televisão nova, dê prioridade a uma que tenha HDR. Diferente do modismo passageiro que foi a tecnologia 3D, o High Dynamic Range parece ter vindo para ficar.

Post Author: Derek Castro

Derek é formado em engenharia eletrônica e já trabalhou em diversos campos da tecnologia. Apaixonado pelo mundo High-Tech, escreve artigos para o 88MPH.