Microsoft libera update do Windows que desabilita correção Spectre da Intel

A Microsoft foi forçada a emitir um segundo update crítico de segurança do Windows, neste mês, para lidar com as questões relacionadas às atualizações de firmware do Intel Spectre. A Intel alertou na semana passada que suas próprias correções para o Spectre estavam dando buggy, fazendo com que alguns sistemas se reiniciassem espontaneamente.

A Intel está aconselhando os fabricantes de PCs e os clientes para simplesmente pararem de atualizar o firmware de suas máquinas até que as atualizações sejam testadas corretamente e estejam disponíveis. Entretanto a Microsoft deu um passo adiante e já está emitindo uma nova atualização de software para os sistemas Windows 7, Windows 8.1 e Windows 10 para desativar a proteção contra a variante Specter 2. A Microsoft diz que seus próprios testes descobriram que esta atualização tem a capacidade de impedir as reinicializações inesperadas provocadas pela atualização de segurança da Intel.

Update do Windows Deve Ser Feito Manualmente

A Microsoft emitiu a atualização como parte do catálogo do Windows Update, o que significa que por enquanto, você precisará fazer o download manualmente. Esse novo update pode ser uma boa saída para os sistemas que estão enfrentando problemas de reinicialização desde as atualizações de firmware do buggy da Intel. A Microsoft também está liberando uma nova configuração de chave de registro para dispositivos impactados, permitindo que os administradores de TI desabilitem ou habilitem manualmente as proteções da Variet 2 do Specter.

A Intel diz que identificou os problemas por trás das reinicializações inesperadas nos processadores Broadwell e Haswell e está trabalhando para liberar uma atualização que aborda esses problemas sem causar reinicializações aleatórias e perda de dados. Os processadores Ivy Bridge, Sandy Bridge, Skylake e Kaby Lake também são afetados e a Intel diz que está “trabalhando ativamente no desenvolvimento de soluções” para essas plataformas também.

É claro que o patch para Specter variante 2 foi uma bagunça, provocado pela rapidez com que as atualizações de software precisavam ser construídas e distribuídas. As atualizações de firmware do Buggy da Intel, problemas em algumas máquinas AMD e duas atualizações de emergência do Windows em um mês são evidências fortes de que esses patches não foram testados o suficiente antes de serem liberados. Esperemos que as atualizações que estão neste momento em desenvolvimento não repitam a lambança destes últimos dias.

Via engadget

Post Author: Derek Castro

Derek é formado em engenharia eletrônica e já trabalhou em diversos campos da tecnologia. Apaixonado pelo mundo High-Tech, escreve artigos para o 88MPH.