Hazard, da Bélgica, usa entrevista holográfica, para detonar a França

Dar entrevista após uma eliminação de Copa do Mundo FIFA, já não é lá muito comum. Os jogadores costumam fugir dos holofotes para não precisar falar dos motivos que levaram à derrota. Mas não é o caso do astro da seleção da Bélgica, Eden Hazard. Após derrota na semi-final da Copa, ele apareceu em um programa da emissora de TV belga RTBF, com apresentação de efeitos especiais que incluiram holografia.

O meia atacante ainda está na Rússia, onde sua seleção disputará o terceiro lugar. Mas a tecnologia permitiu que ele aparecesse sentado em frente a dois apresentadores.

Hazard e seu holograma

O holograma é a sobreposição de uma imagem em três dimensões, que graças à tecnologia de ponta, consegue dar a impressão de que a pessoa está no mesmo local de onde a imagem é projetada.

A tecnologia foi o grande atrativo da entrevista, mas o teor também chamou atenção dos espectadores. Hazard demonstrou orgulho de sua seleção mas detonou a forma de jogar da França, que eliminou a Bélgica ao vencer por 1×0, ontem, em São Petersburgo. Leia abaixo a declaração do jogador:

– Eu prefiro perder por 5 a 0 por ser ruim a viver esse cenário. Nós éramos melhores que a França, nós tínhamos a posse da bola. Os franceses são robustos e bem agrupados… A França é uma equipe vencedora… Mas, honestamente, prefiro perder com a Bélgica do que vencer com essa França. Nós praticamos um jogo mais bonito.

Muitos vão dizer que é choro de perdedor. E parece mesmo. Portanto, discussões futebolísticas à parte, melhor no concentrarmos na beleza tecnológica que foi a entrevista. Será uma tendência para os próximos anos?

 

Via Twitter

Post Author: Benicio Brown

Administrador e Editor - Graduado em Tecnologia da Informação e hard user de tecnologia